Meio Ambiente

O movimento Livro para Voar foi criado no Brasil pela ALE para facilitar a troca gratuita de livros e, assim, estimular a democratização leitura no país. Ele foi inspirado em uma iniciativa que surgiu nos EUA (Bookcrossing) e hoje é popular em vários países do mundo.

A ideia é que as pessoas peguem gratuitamente os livros, levem para casa, leiam e “percam” os livros novamente para que eles possam ser achados por outros leitores. Os livros podem ser deixados em qualquer local público e, claro, nos Postos ALE ou em outros pontos de libertação.

O principal objetivo do movimento é a democratização da leitura. A ALE acredita que é fácil e simples multiplicar a acesso a livros em todo o país, basta que as pessoas se desapeguem dos exemplares que já não usam mais e os libertem, para que outros leitores possam também desfrutar dos mesmos.

Livro para Voar. Não deixe de adotar essa ideia!

Saiba Mais

Pioneirismo Biodiesel

Na ALE, as questões ambientais sempre foram tratadas como prioridade absoluta e pautam todo o processo de crescimento da empresa.

Como primeira distribuidora do país a comercializar o diesel com 5% de biodiesel, a ALE demonstrou consciência ambiental, responsabilidade social e visão de futuro. Em março de 2005, um posto ALE de Belo Horizonte foi o primeiro e comercializar o produto no Brasil.

Saiba Mais

Hospital Pequeno Príncipe

(Projeto apoiado em 2014)

O Hospital Pequeno Príncipe localizado em Curitiba/PR é um dos maiores centros de saúde exclusivamente pediátricos do Brasil.

A instituição também é referência em humanização no Brasil, com ações voltadas a pacientes e seus familiares. A ALE é apoiadora do projeto Família Participante, que viabiliza uma série de ações como oficinas de leitura e de inclusão digital, atendimento psicológico e suporte para familiares que saem do interior ou de outros Estados para acompanhar o tratamento de crianças internadas. O objetivo é manter e fortalecer o vínculo afetivo entre a família e a criança.

Benefícios do programa para criança, famílias e equipes:

  1. Redução do tempo de internação em 50%.
  2. Redução dos índices de infecção hospitalar em 20%.
  3. Extinção dos casos de depressão infantil.
  4. Redução do nível de estresse entre crianças, pais e equipes.
Saiba Mais