Como funciona um posto de combustível?

Data da publicação: 11/08/2021

Compartilhe:

Você já pensou em como funciona um posto de combustível? Então, para a gasolina chegar no carro de milhões de pessoas por todo o país e locomover milhares de frotas nas rodovias, existe um longo processo

Afinal, os serviços de postos de combustíveis vão muito além de decidir entre oferecer álcool, gasolina comum ou aditivada. Por isso, entenda um pouco sobre essas e outras questões ao decorrer da leitura.

Controle e monitoramento

Para ter o acesso a todas as informações que passam pelo seu posto de combustível, é necessário ter algumas tecnologias ao seu favor. O primeiro item é ter um computador central, que ficará responsável por gerenciar o que vêm dos sensores eletrônicos instalados dentro dos tanques espalhados pelo posto.

Esses sensores registram o volume do combustível e monitoram o quanto foi vendido para o consumidor. Neste artigo, explicamos como uma plataforma para gestão pode ser importante para seu posto de combustível.

Como o combustível chega no posto?

As distribuidoras de combustível fazem a entrega através de caminhões-tanque, que podem possuir até três compartimentos para o transporte dos diferentes produtos oferecidos pela ALE como gasolina, etanol e diesel.

Após o caminhão chegar no posto de combustível, ele é direcionado para a área de armazenagem dos tanques subterrâneos e a descarga ocorre nas câmaras de contenção existentes em cada compartimento que irá receber o produto.

Como acontece a descarga?

Homem faz descarga de combustível da ALE em tanque subterrâneo.

Primeiramente, é necessário fazer a descarga da eletricidade que fica acumulada na parte metálica do caminhão com segurança, atendendo as exigências de normas da ABNT. Para não dar choque ou causar algum acidente, é usado um cabo de cobre que fica ligado a uma haste de cobre no solo do posto.

Após o caminhão estar na área reservada para a descarga e devidamente conectado através de cabos à malha de aterramento elétrico existente no local, o processo de descarregamento ocorre por meio de mangueiras engatadas em válvulas existentes nas câmaras de contenção — o que  garante uma descarga sem vazamentos.

A capacidade de armazenamento varia de 10.000 a 30.000 litros de combustível. E os tanques se dividem em três produtos diferentes, gasolina, álcool e diesel. Além dos subcompartimentos, que consistem nas variedades dos produtos: comum aditivada e premium.

Após a descarga, o produto fica armazenado em tanques subterrâneos os quais ficam enterrados em uma profundidade de 1,20 metro, aproximadamente. 

Sucção do combustível

Para o combustível sair do tanque, há um tubo que fica dentro do cano de combustível que, devido a um sistema de sucção, absorve o ar do tanque.

É importante ressaltar que existe um filtro para impedir que partículas de impurezas sejam transportadas junto ao combustível. Com o tanque cheio, o combustível bloqueia a entrada do tubo de sucção.

Um fator determinante nesta etapa é a qualidade do combustível que é transportado pelos tanques. E para isso, a qualidade da marca nos postos de combustíveis é fundamental para o sucesso. 

Até porque os casos de gasolina e produtos adulterados, infelizmente, não são difíceis de encontrar, promovendo desconfiança no consumidor.

Por isso, é importante escolher marcas de qualidade para revender no seu posto de combustível. Afinal, a fidelização dos clientes deve ser um dos principais fatores da sua marca.

E como o combustível chega ao frentista?

No tubo de sucção, a queda de pressão faz o diafragma expandir ao tocar o gatilho da bomba. A bomba de sucção é movida por um motor elétrico blindado, com o objetivo de “sugar” a gasolina dos tanques subterrâneos. Ela é à prova de explosão e fica no solo, dentro da carenagem.

Além da bomba, também ficam disponíveis os marcadores eletrônicos, que contribuem com a gestão de todos os processos do posto. São eles que transmitem a quantidade de combustível e o valor total que o cliente deve pagar a um microprocessador.

Essa parte é demonstrada quando o frentista aperta o gatilho de abastecimento, que é quando o motor “suga” o combustível. Diante disso, os sensores eletrônicos que informamos acima que são espalhados pelos tanques, enviam as informações para os mostradores.

Procure um posto ALE mais próximo

A ALE Combustíveis tem postos revendedores distribuídos por todo o Brasil, abrangendo cerca de 1500. Atualmente, somos a 4º maior distribuidora do país. 

Nosso trabalho é de qualidade, integridade, agilidade, confiança e prioridade ao relacionamento direto com o cliente. Para saber mais sobre nossos serviços, produtos e diferenciais, acesse o nosso site e conheça mais sobre nós!

Também estamos nas mídias sociais! Nos siga nas páginas do Facebook, Instagram e Linkedin e veja em tempo real nossas promoções, serviços exclusivos e novidades. 

  • Posts Relacionados

  • 4 maneiras de ganhar mais com seu posto de serviços

    ›››
  • Como a tabela de preços de combustíveis é calculada?

    ›››
  • Veja como fidelizar os clientes do seu posto de combustível

    ›››
  • O que é um economizador de combustível?

    ›››